Réveillon em Sydney

Em 2006 estávamos na Austrália, uma parte da nossa lua de mel, e decidimos passar o Réveillon em Sidney. Todos os anos víamos na televisão os lindos fogos na Habor Bridge e na Opera House e queríamos aproveitar aquela oportunidade única de ver ao vivo.

Saímos da “nossa casa” as 11. (A nossa casa era o alojamento estudantil da Saint John’s College) pegamos um ônibus até downtown. Comemos um lanche no Hungry Jacks (esse é o nome do Burger King na Austrália) e caminhamos até a Circular Quay. É de lá que temos a vista dos fogos na ponte e na Opera House. Tudo muito organizado, com guardas controlando a entrada, contando o número de pessoas e revistando todo mundo. É proibido levar bebida alcoólica para o local. Todo este controle para evitar tumulto e confusão. O que funcionou muito bem.

Às 14 horas estávamos instalados. Achávamos que seríamos dos primeiros a chegar, mas já tinha muita gente por lá. Mas conseguimos um bom lugar. Estendemos nossa canga e lá ficamos as últimas 10 horas de 2006. Estávamos equipados com maçã, sanduíche, biscoito, chocolate, chiclete, água e suco, além de MP3 player e livros.
Às 21 teve uma prévia do que estava por vir. Eles organizam um show de fogos mais simples, mas também muito lindo que eles chamam de fogos da família, pois elas assistem os fogos e vão para casa fazer suas celebrações em família.
Mas a maioria do povo continua lá até as meia noite para assistir um show emocionante que faz você esquecer de todo sofrimento, desconforto e da dor nas costas que a esta hora já estava nos matando.
Você não sabe para onde olhar. Foram três shows simultâneos, um na ponte, outra atrás da Opera House e outro no topo dos edifícios atrás da Circular Quay que compõe o skyline desta linda cidade.

Definitivamente, o réveillon mais marcante de nossas vidas!

Quer dicas de Orlando? Iza em Orlando

Eu posso te ajudar a planejar sua viagem. Saiba mais…
IzaPeloMundo.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.